Serviço Social

Como o Serviço Social faz acolhimento? Considerações a partir do trabalho profissional na permanência estudantil

Como o Serviço Social faz acolhimento? Considerações a partir do trabalho profissional na permanência estudantil

Em algumas situações, essa pessoa usuária vai demandar serviços que não são da competência do Serviço Social, mas antes de dizer que no Serviço Social não é o espaço adequado, ou antes de encaminhar para o serviço/órgão competente, ou antes de orientar em relação a busca de garantia de direitos, o Serviço Social vai precisar acolher essa pessoa. E é aqui que esbarramos. Porque na maioria das vezes sabemos para onde encaminhar e sabemos como orientar. Mas o que fazemos em relação ao acolhimento? Sabemos o que estamos fazendo? E se sabemos, porque não falamos sobre isso?

Serviço Social na Permanência Estudantil: Impressões iniciais

Serviço Social na Permanência Estudantil: Impressões iniciais

Enfim, a permanência estudantil é um campo pleno de desafios e a nós, assistentes sociais, cabe compreender os limites, potencialidades e recursos desse espaço para construir uma práxis efetivamente democrática e transformadora. Eu me sinto empolgada para esse desafio. Acompanhem comigo por aqui as reflexões que forem surgindo.

“Socialflix” e compromisso com o aprimoramento intelectual, na perspectiva da competência profissional

“Socialflix” e compromisso com o aprimoramento intelectual, na perspectiva da competência profissional

Tais, mas o que isso tem a ver com compromisso com o aprimoramento intelectual, na perspectiva da competência profissional, princípio do Código de Ética?
Tem que, independente de como você vai se aprimorar intelectualmente, é fundamental que você o faça, buscando assim ser uma/um profissional cada vez mais competente, prestando um serviço de qualidade à população.
E já que você vai se aprimorar intelectualmente, porque não fazer isso de forma regular e sistemática com a Socialflix?
Espero vocês.

“Nem o mé, nem a cabaça”: Reflexões sobre teoria e prática no dia da/o assistente social

“Nem o mé, nem a cabaça”: Reflexões sobre teoria e prática no dia da/o assistente social

Por fim, nesse 15 de maio, deixo registrada a minha alegria em ser assistente social. Há 20 anos, em 2002, eu me graduava em Serviço Social. De lá para cá, trabalhei na política de assistência social em prefeitura de município pequeno, trabalhei com adolescente autor de ato infracional, trabalhei na gestão, em usinas, em empresa, como empreendedora. Estou há 07 anos como docente. Mas 13 foram atuando como assistente social. Trago para minha docência, as cores que conheci no exercício profissional. Sou assistente social com orgulho. Salve 15 de Maio. Salve Assistentes Sociais desse Brasilzão. Salve especialmente a Turma XXIII de Serviço Social da Unesp Franca, formandos de 2002, a minha turma, cuja foto ilustra esse post. SALVE.

Como elaborar um projeto de pesquisa?

Como elaborar um projeto de pesquisa?

Um projeto de pesquisa é uma proposta de investigação. Não é um relatório. Não é um artigo. Não é uma redação. Parece óbvio? Parabéns, você tem noção. Mas não é tão óbvio assim. Na maioria das vezes os projetos de pesquisa falam de tudo, menos do que a pessoa quer conhecer, investigar. Um projeto de pesquisa trata-se do que você quer pesquisar, como você quer pesquisar, em quanto tempo você vai pesquisar. Se o seu projeto não tem esses elementos básicos, ele é qualquer coisa, menos um projeto de pesquisa. Eu vou trabalhar nesse texto um exemplo de projeto de pesquisa, para evidenciar os principais aspectos. Destaco que o tema que eu escolhi é estapafúrdio, mas sabe cumé… a zoeira não pode parar. Nunca.

O6 dicas práticas sobre como se preparar para a prova discursiva do TJ/SP

O6 dicas práticas sobre como se preparar para a prova discursiva do TJ/SP

Mas o que está preocupando uma parcela significativa da galera que vai prestar esse concurso, é a prova discursiva/estudo de caso. Nessa prova, a candidata ou candidato terá que dissertar sobre um tema relacionado aos conhecimentos específicos. De acordo com o edital, essa prova irá avaliar “o grau de conhecimento e capacidade de expor com clareza, concisão, precisão, coerência e objetividade assuntos relacionados ao bom desempenho do cargo”. Ou seja, a pessoa deverá mostrar, através da prova discursiva, que sabe o que fazer. Assusta né? Nem tanto. Vamos lá.

20 de Novembro e  Serviço Social: algumas provocações

20 de Novembro e Serviço Social: algumas provocações

Eu brinco que só vou acreditar que o Serviço Social está, de fato abraçando a luta antiracista, quando começarmos a pensar a reformulação das Diretrizes Curriculares, por exemplo. E não venha me dizer que o debate da questão racial está contemplado na apresentação dos núcleos nas Diretrizes Curriculares, porque qualquer pesquisador comprometido com a questão racial no Brasil, sabe que precisa muito mais do que o que está nas Diretrizes da formação em Serviço Social.

Pluralismo e conservadorismo no Serviço Social: algumas questões para reflexão

Pluralismo e conservadorismo no Serviço Social: algumas questões para reflexão

Como assistente social e professora no curso de Serviço Social, vez ou outra me deparo com algum questionamento sobre o tal pluralismo e a relação com o conservadorismo na profissão. Profissionais e discentes, por vezes me perguntam se, por causa do pluralismo temos que aceitar profissionais assistentes sociais conservadores. Eu respondo sim e não, numa perspectiva bem Caetano Veloso de ser, aquela coisa linda, paradoxal, sem começo e nem fim. Mas vou deixar de caetanear (só um pouquinho) e explicar o que significa esse meu sim e não.

DIMENSÃO SOCIOEDUCATIVA DO SERVIÇO SOCIAL: DUAS QUESTÕES BÁSICAS

DIMENSÃO SOCIOEDUCATIVA DO SERVIÇO SOCIAL: DUAS QUESTÕES BÁSICAS

Ou seja, naquela linguagem famigerada e muito conhecida do “dar o peixe ou ensinar a pescar”, o Serviço Social se preocupa em dar o peixe, ensinar a pescar mas também refletir porque é necessário pescar, refletir que coletivamente a pesca pode render mais, buscar condições para que todo mundo possa pescar…. e eu poderia escrever mais 300 complementações para essa frase, relacionando com o Serviço Social.